43 3055-4455
Rua Garças, 625 — Centro Arapongas/PR — CEP: 86700-285
Soluções com eficiência para sua empresa

Planejamento estratégico do contador

É inimaginável a ausência de uma estratégia para conviver com o final de 2017 e principalmente com ano 2018

“Em face das reformas governamentais e sua atual situação é justo definir uma estratégia para o seu futuro promissor e é óbvio que os FATOS são incontestáveis na busca da melhoria desejada”

É inimaginável a ausência de uma estratégia para conviver com o final de 2017 e principalmente com ano 2018, mas inegavelmente, dependem da educação, capacitação e qualificação profissional para que possamos avaliar os recursos financeiros, econômicos, sociais, políticos na busca de um futuro promissor, mas convenhamos a cada dia essa luz nos deixa mais deficiente visual.

O profissional que está no mercado e o que busca sua oportunidade, ambos devem entender que as dificuldades aumentarão e sua permanência ou mesmo sua colocação ou recolocação devem ser analisadas para que suas ações e atitudes se coadunam com os resultados positivos almejados.

As empresas se tornarão mais seletas na contratação de profissionais que possam lhe ajudar, mas fatalmente as remunerações e demais vantagens serão mais diminutas, diante do quadro que estamos vivenciando.

Vejo com muita intranqüilidade a situações daqueles que não tiveram ou tenham a oportunidade de uma visão realista de suas competências e habilidades quando confrontadas com as perspectivas do mercado de labor globalizada e altamente exigente.

Em qualquer situação que seja pretendente, ter um emprego ou um trabalho devemos entender que as exigências sempre serão maiores e estão de conformidade com o mercado, pois diante das reformas aprovadas ou em processo de aprovação, tudo depende de sua formação educacional.

Os profissionais que estão no mercado sabem que precisam de um UP GRADE qualitativo para se conservar no mercado, em qualquer que seja a sua profissão, e jamais devem baixar a guarda, na busca de sua satisfação profissional, pois em toda trajetória de vida há sempre os obstáculos a serem ultrapassados.

A palavra para os profissionais e para as empresas chama-se PARCERIA, mas as escolhas devem ser sempre altamente seletivas.

No mundo globalizado em que vivemos sabemos que há investidores de todas as modalidades e culturas diferenciadas, daí a necessidade de estarmos preparados para esse momento, e demonstrar tranqüilidade e segurança em suas idéias e planos.

A segregação do Planejamento Estratégico se evidencia de modalidades diversas, quer seja no âmbito profissional, social, político, econômico e demais, mas sempre focado em melhorias e perspectivas futuras, sempre dentro de suas limitações.

No caso especifico do CONTADOR ele deverá esperar daqueles que tem obrigação de cuidar dessa profissão o dinamismo da profissão junto à sociedade em geral, desde o reconhecimento até o devido honorário resultando da excelência de sua atividade, mas para que isso aconteça se faz necessário um PLANEJAMENTO DE GESTÃO mais qualitativo, pois já observamos que o curso de robotização não agrega valor, mas os cursos que capacitam e qualificam para o mercado econômico, tem demonstrado relevância e importância junto às empresas, tais como:

  1. Grupo de profissionais que possam assessorar os investidores estrangeiros na busca de empreender ou mesmo adquirir empresas brasileiras;
  2. Segregar focos de atividades econômicas por regiões e identificar o maior retorno desses investimentos;
  3. Exercício de uma Contabilidade Gerencial que acompanhe a evolução da gestão empresarial demonstrando a sua transparência e controle interno;
  4. Elaborar relatórios avaliativos além dos já convencionais D C F(Demonstrações Contábeis e Financeiras) para que possa resultar em um feed back conclusivo para o investidor;
  5. As micros empresas existentes padecem de limitações de profissionais e de gestores e isso representa um RISCO voraz;
  6. Mostrar através de um trabalho de marketing conclusivo as diferenças do sistema de tributação focando as suas penalidades;
  7. Expor através de fatos comprovados a contratação de serviços com valores pífios diante do RISCO que podem afetar o patrimônio de seus idealizadores.
  8. Se inserir em decisões políticas demonstrando a importância de suas competências e habilidades.
  9. Proceder a uma fiscalização através de cronogramas junto às empresas da real situação dos profissionais contratados.
  10. Se apresentar diante da sociedade como fonte de melhoria da Economia, Política, demais aspectos sociais.
  11. Entender que os escândalos financeiros existentes são derivativos de ações torpes e fúteis que fatalmente levarão empresas e profissionais, ás barras dos tribunais, com suas respectivas penalizações.
  12. E demais ações necessárias e suplementares.

Somos parte de um todo e que sempre precisaremos de adendo complementar, diante da limitação do nosso profissional quando comparado com o profissional globalizado do primeiro mundo.

Nossa GRADE curricular de ensino superior precisa urgentemente de disciplinas práticas e que possam fazer a diferença no mercado seletivo, o nível de relatórios escritos ou verbais que os profissionais devem oferecer a gestão empresarial comprovam a fragilidade dessa formação.

Não pretendo ser dono da verdade ou mesmo abrir uma caixa da pandora, mas devemos no mínimo ser realista e identificar que precisamos fazer entender a importância da profissão para a sociedade e principalmente para os gestores empresariais, que tem conceitos diferenciados diante desse entendimento e remunera os profissionais conforme esse conceito.

A ausência de um cronograma de marketing dos órgãos representativos junto á mídia, com propagandas e publicidades inteligentes ratificam os fatos que precisam ser mudados.

Autor: ELENITO ELIAS DA COSTA, só um ser com educação diferenciada.

Todos os direitos reservados | © 2017 | ALVANI ASSESSORIA CONTáBIL E EMPRESARIAL
desenvolvido por