43 3055-4455
Rua Garças, 625 — Centro Arapongas/PR — CEP: 86700-285
Soluções com eficiência para sua empresa

QUANDO O HUMOR DÁ LUCRO: AS LIÇÕES DE EMPREENDEDORISMO DOS MELHORES DO MUNDO

O grupo, conhecido pelo personagem Joseph Climber, fala sobre os altos e baixos de sua trajetória na Feira do Empreendedor SP

Acompanhia de comédia Os Melhores do Mundo tem como um de seus principais personagens um homem que nunca desiste. Ele é Joseph Climber. Apesar de todos os problemas da

Vídeos de Joseph Climber foram um dos primeiros virais da internet e levaram Os Melhores do Mundo ao auge. No entanto, o grupo não conseguiu manter o sucesso e precisou se reinventar para continuar fazendo o Brasil rir.

A história da companhia foi contada por dois de seus membros, Jovane Nunes e Victor Leal, no palco principal da Feira do Empreendedor SP 2018.

Durante a hora em que ocuparam o palco principal do evento do Sebrae-SP, Nunes e Leal fizeram a plateia gargalhar com alguns de seus esquetes e serviram de inspiração para os empreendedores presentes. Confira as melhores lições da dupla:

O começo quase nunca é fácil…
Os Melhores do Mundo existem desde 1994. No começo de sua trajetória, fizeram sucesso em pequenos teatros da cidade em que o grupo foi criado, Brasília. Quando decidiram ir para outras regiões brasileiras, no entanto, o sucesso não se repetiu. Pelo contrário. “Nós começamos a nossa expansão pelo Rio de Janeiro. Cansamos de nos apresentar para seis, sete pessoas. Usávamos todo o dinheiro que ganhávamos em Brasília para custear nossas apresentações em outras cidades. Insistimos e acreditamos que nosso projeto daria certo. E deu”, diz Leal.

...Mas a paixão ajuda a superar os momentos ruins
De acordo com Leal, o amor pelo que o grupo fazia ajudou muito a manter a paciência enquanto o projeto não se tornava um sucesso. “Além disso, a gente não trabalhava apenas pelo dinheiro, mas pelo amor que tínhamos pelo teatro e pela comédia”, afirma.

O sucesso pode demorar
O grupo foi criado em 1994, mas demorou 12 anos para que se tornasse um sucesso. “Ficamos conhecidos graças ao Joseph Climber muito tempo depois. Muitas vezes demora para que o reconhecimento venha. Mas a persistência vale a pena”, diz Nunes.

A chegada ao topo pode não durar muito
Depois do viral do homem que nunca desiste, o dinheiro começou a entrar na empresa. Espetáculos no Brasil e no exterior se tornaram grandes sucessos de bilheteria. Mas o sucesso não durou tanto. “Surgiram uma série de artistas de stand-up comedy, youtubers. Perdemos muito espaço e demoramos para reagir”, afirma Nunes.

É preciso se profissionalizar, senão…
Diversos problemas na gestão atrapalharam a empresa quando o auge passou. “Nós não sabíamos nem o que era fluxo de caixa. A gestão era muito amadora”, diz Nunes. “Quando a gente tem dinheiro, esse tipo de problema não atrapalha muito. Mas quando a fonte começa a secar, esses problemas ficam mais aparentes”, diz Leal.

Resiliência é fundamental
Segundo Nunes, os empreendedores devem se inspirar no “filósofo” Sylvester Stallone. “Em sua obra prima, ‘Rocky’, um pensador nos passa uma de suas grandes mensagens: que os melhores lutadores não são os que sabem bater, mas os que aguentam apanhar por mais tempo”, brinca o ator.

De acordo com ele, o Melhores do Mundo começou a se mexer para voltar a ter a relevância de outros tempos. “Contratamos uma consultoria que organizou a nossa gestão e estamos trabalhando em um filme e uma nova peça de teatro. Vimos que temos de nos reinventar sempre para nos mantermos bem. E estamos fazendo isso.”

Todos os direitos reservados | © 2018 | ALVANI ASSESSORIA CONTáBIL E EMPRESARIAL
desenvolvido por